quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Andança...



De tanto andar,
de tanto cair,
de tão só;
Aprendi novos caminhos,
novos motivos,
aprendi novos destinos,
novas formas de chegar...


2 comentários:

  1. Olá!
    Gostei do seu poema,as mudanças são necessárias.
    A medida que mudamos aprendemeos mais.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir